“Vitoriosos”: Ex-fumantes de São Simão e Itaguaçu recebem certificados da Prefeitura e do Nasf

Parar de fumar nunca é uma tarefa fácil. A boa notícia para os fumantes de São Simão e Itaguaçu é que a prefeitura oferece tanto na cidade quanto no distrito, apoio para quem quer abandonar o vício, por meio de um programa antitabagista desenvolvido por uma equipe multiprofissional do Núcleo Ampliado de Saúde da Família (NASF).

Todo o trabalho é feito com uma equipe multidisciplinar, que conta com psicóloga, nutricionista, terapeutas ocupacionais, fisioterapeutas e enfermeiras, entre outros profissionais da saúde.

As reuniões acontecem semanalmente e incluem rodas de conversa, palestras, dinâmicas, atividades físicas e terapias. Nos encontros são abordados diferentes conteúdos, como a história do tabaco, os primeiros dias sem cigarro, malefícios que o fumo traz para a saúde, substâncias químicas presentes no cigarro, técnicas de relaxamento e outras atividades.

E os frutos de tanto esforço e dedicação já começam a ser colhidos. Após meses de trabalho, a ação, que faz parte do Programa Nacional de Combate ao Tabagismo – PNCT, foi concluída e entregou certificados de ex-fumantes para um grupo de sete pacientes.

A cerimônia que foi prestigiada pelo prefeito Ibinho, aconteceu no plenário Aldo dos Santos Pimenta, da Câmara de Vereadores, na última noite de quinta-feira (7) e contou, em sua abertura, com a exibição de um vídeo que trazia o depoimento de ex-fumantes. Além de mensagens de agradecimento à equipe do Nasf, o vídeo mostrou a história de superação e dedicação desses pacientes para largarem o vício.

Emocionada, a enfermeira e Coordenadora da Atenção Básica da Saúde da Família (UBS), Jéssica Fernanda, que também é coordenadora do grupo, explicou que alguns temas são propostos pelos próprios participantes, como: maneiras de controlar a ansiedade, parar de fumar sem engordar, melhorar a respiração e o sono, entre outros.

“Este projeto é uma grande vitória para todos os profissionais envolvidos. A troca de experiências entre os participantes é muito positiva e um acaba motivando o outro”, disse.

Jéssica ressaltou as dificuldades e a perseverança que é preciso ter para atingir o resultado desejado.  A Coordenadora destacou também ser alto o percentual de fumantes que procuraram o Nasf em busca de ajuda para abandonar o vício do cigarro.

O Secretário de Saúde, José Fernandes Faria, elogiou o trabalho desenvolvido pela equipe do Nasf e ressaltou a necessidade do trabalho integrado entre a Secretaria de Saúde e todos os seguimentos dos programas existentes, em especial com o Núcleo de Apoio a Saúde da Família.

“Todos são vitoriosos porque não é fácil se libertar de uma dependência física e, muitas vezes, até uma dependência psicológica e comportamental, pois muitos veem o cigarro como um amigo. Parabéns a todos por superarem este vício que tira muitas vidas todos os anos”, falou.

A Psicóloga Elisa Medeiros, ao fazer uso da palavra, explicou que a busca por atividades diferentes na rotina pode ajudar quando alguém deseja parar de fumar.

“É muito interessante a parte da psicológica porque eles têm uma dependência bem forte psicológica. Eles relacionam bastante o estresse, a ansiedade, a depressão com o uso do cigarro, então, nos grupos, nós orientamos bastante para eles estarem procurando outras coisas que tragam o prazer, que não seja o cigarro, como a atividade física e procurar fazer coisas mais saudáveis pois tudo muda na vida de um ex-fumante”, destacou.

Para o Fisioterapeuta e Presidente da Câmara de Vereadores, Adriano Pimenta, que também faz parte da equipe de multiprofissionais do Nasf, é importante e necessário humanizar o atendimento às pessoas que procuram a equipe.

“Quase sempre, quando essas pessoas procuram um órgão como o Nasf, elas se encontram em um momento de fragilidade. Por isso, é necessária toda atenção e acolhimento de forma mais humana e carinhosa com esses pacientes ‘amigos’, para juntos podermos alcançar os objetivos”, frisou.

O prefeito Ibinho parabenizou os pacientes por vencerem um vício que há anos estava presente na vida delas, bem como, a equipe do Nasf e de toda a secretaria de Saúde, pelo sucesso do trabalho desenvolvido.

“As lágrimas da enfermeira Jéssica não são de tristeza e sim de alegria, por ver os resultados alcançados depois de tanta luta e dedicação. A entrega de certificados faz parte do programa e é um reconhecimento a essas pessoas que conseguiram parar de fumar. Então, o nosso objetivo é fazer essa entrega e reconhecer o esforço deles”, destacou.

Para participar do programa, o interessado em parar de fumar deve se dirigir ao Nasf da Praça Salvador José Jacinto de Souza (Praça do Jardim Liberdade II) e se inscrever.

Prestigiou a solenidade, o Prefeito Ibinho; o Presidente da Câmara Municipal, Adriano Pimenta; o vereador Antônio Camilo; os secretários Wilson Pimenta (Administração), José Fernandes Faria (Saúde), Danilla Soares (Turismo) e o Coordenador do Centro Odontológico, Dr. Arquimedes, além de toda a equipe do Nasf: a Enfermeira e Coordenadora, Jéssica Fernanda, a Psicóloga Elisa Medeiros, a Fisioterapeuta Daziane dos Santos Alves, a Educadora Física, Maria Cristina Lima de Oliveira e a Enfermeira Priscilla (Itaguaçu).

 

Superação do vício

Senhor Olavo, 71 anos e fumante há 60, está a quatro meses sem fumar e agradeceu a Prefeitura pelo projeto. “Tenho certeza de que daqui pra frente vai dar tudo certo, seguindo de cabeça erguida e pensando na saúde e no melhor para nossas vidas. Após várias tentativas com remédios, foi só com a ajuda desse grupo que consegui parar. A melhora na respiração, no apetite e no sono já senti desde os primeiros dias”, comemorou.

 

Dia Mundial Sem Tabaco

Criado em 1987 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), e comemorado anualmente em 31 de maio, o Dia Mundial Sem Tabaco serve como um alerta para todas as doenças e mortes relacionadas ao tabagismo.

Segundo a OMS, o tabagismo é a principal causa de morte evitável no mundo. Dados do Ministério da Saúde mostram que o tabagismo é responsável por cerca de 200 mil mortes por ano no Brasil.

A nicotina é uma das substâncias que mais vicia e é a que vicia mais rápido. Ela demora de 7 a 15 segundos para chegar ao cérebro, mais rápido do que a heroína e a cocaína.

Você pode gostar...