São Simão sedia 3ª reunião da Comissão Intergestores Regional da Macrorregional Sudoeste I e II

Fortalecer as principais políticas públicas de saúde em São Simão e Macrorregional Sudoeste I e II, implementadas pela Secretaria de Estado da Saúde e pelas Secretarias Municipais. Esse foi o intuito da terceira reunião da Comissão Intergestores Regional de 2017, que ocorreu na última terça-feira (03/12), no auditório do Hotel Mágica Visão e contou com a presença do Coordenador CIR da Sudoeste II e secretário da Saúde de São Simão, José Fernandes Faria, do vice-prefeito Dr.Wallisson de Freitas, do Presidente da Câmara Municipal, Adriano Pimenta e com a presença de gestores de saúde, profissionais de saúde dos municípios da região, além de técnicos da Regional de Saúde.

Iniciando as discussões da reunião, o Coordenador José Fernandes, informou sobre o serviço de ortopedia de São Simão; funcionamento da UPA de Santa Helena; último prazo para implantação das equipes de ESF credenciadas e resumo das alterações da PPI para 2018.

Durante a reunião, foi discutida ainda a monitoramento das ações de saúde nas unidades prisionais do Estado de Goiás e o monitoramento realizado pela GER/SUPRASS/SES nos procedimentos cardiológicos de Rio Verde. Foi apresentada também a matriz de responsabilidades das Regionais de Saúde e Apoiador do COSEMS e, o envio de informação do e-SUS AB para o centralizador estadual de Goiás através de envio do e-SUS.

Houve ainda discussão acerca das dificuldades da Comissão Intergestores Regional Sudoeste I em relação ao Regimento Interno.

José Fernandes, afirmou que o êxito das ações e serviços de saúde depende do empenho de todos os gerentes e que é necessário que toda vigilância seja contínua para manter em patamar de excelência os resultados das atividades em saúde. “É nosso compromisso manter em equilíbrio a efetividade do trabalho que realizamos em nossas unidades, procurando realizar uma administração de qualidade, transparente e de resultados, porque atuamos como políticos das políticas públicas de saúde, e temos que apresentar serviços de eficiência, eficácia e resolubilidade”, concluiu.

O vice-prefeito Dr. Wallisson ressaltou que independentemente da situação encontrada e vivenciada por muitos municípios é importante agir, enfrentar a crise e discutir com as equipes as melhores formas de reverter o quadro de instabilidade financeira, de recursos técnicos e humanos. “O país está em crise e a situação que vivemos é reflexo disto. Temos que nos unir para buscar novas alternativas, saídas mais contundentes e eficazes, precisamos do envolvimento de todos em atitudes mais reflexivas, fortalecendo a atuação das equipes, dos comitês, dos grupos de trabalho”, explicou.

Ao final da reunião, foram aprovadas a Resolução 006/2017, que trata da mudança de modalidade do NASF 2 para NASF 1 no município de Cachoeira Alta e a Resolução 007/2017 que trata da solicitação da Secretaria de Saúde de São Simão, junto ao Ministério da Saúde, da Emenda Parlamentar nº 81000174, no valor de R$ 500 mil (proposta nº. 360001548722/01-700) para incremento do MAC temporário.

Ainda segundo o Presidente Adriano, as reuniões são necessárias para integração entre os gestores e debater melhorias para uma aplicação mais digna na saúde.

“Estamos certos de que, por meio desses encontros, conseguiremos alcançar nossos objetivos que é oferecer a nossa população uma saúde pública de qualidade”, destacou.

 

Entenda

A Comissão Intergestores Regional – CIR é uma instância de cogestão no espaço regional com o objetivo de constituir um canal permanente e contínuo de negociação e decisão entre os gestores municipais e o estado para constituição de rede regionalizada, pactuando de forma consensual a definição das regras da gestão compartilhada do Sistema Único de Saúde – SUS, composta por representantes da SESAU – GO e de todos os secretários municipais de saúde da região.  Cabe às CIR a pactuação,  organização e o funcionamento em nível regional das ações e serviços de saúde integrados na rede de atenção à saúde – RAS.

 

Você pode gostar...