Projeto “São Simão Mais Verde”: Superintendência de Meio Ambiente recupera Avenida dos Eucaliptos, plantando 500 mudas de árvores nativas do cerrado goiano

Através do projeto “São Simão Mais Verde”, a prefeitura municipal, por meio da Superintendência Municipal de Meio Ambiente – SUMMA, realizou durante todo o dia 18, o plantio de mudas de árvores típicas do cerrado goiano, na Avenida dos Eucaliptos, no acesso sul da cidade. A via recebeu cerca de 500 mudas, das espécies como Ipê (amarelo, branco, rosa e roxo), Caroba e Leucena.

Além dos servidores da SUMMA, participaram da ação alguns reeducados do Centro de Inserção Social de São Simão.

As mudas foram doadas pela Agência Prisional, das quais é produtora.

São Simão Mais Verde –

De acordo com a Superintendência Municipal de Meio Ambiente, o projeto São Simão Mais Verde teve início em 2017 e visa a revitalização da Avenida dos Eucaliptos com plantio de árvores nativas do bioma goiano, buscando melhorar ainda mais as condições climáticas do município e trazer aves e animais que estão dispersos devido ao grande número de árvores cortadas na cidade.

A Avenida dos Eucaliptos recebeu esse nome devido a quantidade de eucaliptos plantados em toda sua extensão na década de 90.

Segundo a secretária do Turismo e Meio Ambiente, Danilla Soares, entre 2017 e 2018 começou o processo de retirada parcial dos eucaliptos e preparação da área para o plantio de novas espécies.

Danilla explicou que o projeto consiste em quatro etapas de arborização e que no dia 17 de Janeiro teve início a segunda fase.

Ainda, de acordo com a Secretária, na primeira etapa foi retirada uma parte dos eucaliptos e dos tocos da Avenida, priorizando a parte onde havia bastante risco de acidentes Em seguida o terreno foi preparado para dar início às marcações com alinhamento 5x4x5 e as perfurações para receber as mudas e no dia 18 feito o plantio.

“Infelizmente, devido a maioria dos eucaliptos estarem em um estágio crítico, secos e com cupins, outros muito velhos colocando em risco a vida dos moradores que residem próximos e também a todos que trafegam naquela avenida, causando acidentes, como já foi relatado algumas vezes, decidimos realizar a retirada dos mesmos. De lá para cá, iniciamos o projeto para recuperação da via que é um pedido da população e um compromisso da atual administração”, disse Danilla.

Você pode gostar...