Prefeitura investe no projeto de reestruturação das categorias de base do futebol SãoSimãoense

Há algum tempo que São Simão não possui uma categoria de base. O desenvolvimento sustentável de um clube esportivo voltado ao futebol passa, necessariamente, pela atuação do Departamento Amador na gestão das categorias de base, para formação de atletas e cidadãos identificados com a instituição.

Sendo assim, a prefeitura de São Simão, através de sua Superintendência de Esportes, com o apoio da Câmara de Vereadores, está lançando um projeto de reestruturação das categorias de base do futebol SãoSimãoense.

O projeto tem como principal objetivo detectar, desenvolver e formar novos talentos esportivos, entre 9 e 17 anos, fornecendo toda infraestrutura técnica e esportiva para o desenvolvimento das categorias de base do São Simão Esporte Clube. Utilizar o ensino da atividade esportiva na modalidade de futebol de campo, através do desporto de rendimento com o intuito de promover a formação de atletas, a inclusão social, contribuir com as políticas públicas. Empregar o ensino da prática esportiva na modalidade de futebol de campo, através do desporto de rendimento, como um meio de contribuir com o desenvolvimento físico, emocional, intelectual e social das crianças da cidade de São Simão e Itaguaçu, promovendo autoconfiança e possibilitando, entretanto um futuro promissor como atleta onde o potencial é a chave do sucesso. O projeto também preparará crianças e jovens para o cenário competitivo profissional e social.

Já nos dias 14, 20 e 21 de junho, a Superintendência de Esportes dando início ao projeto, promoveu uma seletiva de atletas da categoria Sub-17 de futebol de campo. A “peneira” contou com a presença de mais de 40 atletas de São Simão e Itaguaçu.

Atentos, o prefeito Ibinho, o vice Dr. Wallisson, o Presidente da Câmara Municipal, Adriano Pimenta e o vereador Camilo, acompanharam a seletiva e ressaltaram a grande importância do fortalecimento das categorias de base para o futebol municipal e prometeram todo o apoio necessário para o sucesso do projeto.

O Superintendente de Esportes, Alberto da Silva Araújo, juntamente com a equipe da Superintendência Thiago Cordeiro e Paulo Henrique, destacou a importância deste tipo de trabalho realizado junto à comunidade de São Simão e Itaguaçu.

“Tudo isso é somente o início de um projeto que abrangerá as categorias sub 07, sub 09, sub 11, sub 13 e sub 15. Temos que colocar o esporte à disposição da comunidade e termos ele também como agente social. São Simão possui várias crianças com potencial e temos que oportunizá-los”, afirmou Alberto.

Como teste para avaliação dos atletas, um amistoso entre as equipes do Vila Nova e Sub-17 São Simão, aconteceu dia 24 de junho, no Estádio Adoniro Capanema, onde o Sub-17 saiu derrotado pelo placar de  2 a 1.

“O objetivo do jogo era observar a equipe recém-formada atuando, para podermos fazer testes de posicionamento, controlar a ansiedade dos atletas e destacar os pontos a serem reforçados. O primeiro passo foi dado, os atletas entenderam o espírito esportivo que queremos implantar e o resultado foi ótimo para os quesitos que estávamos avaliando. A ansiedade foi controlada no decorrer do jogo e a equipe se portou muito bem na segunda etapa, erros de posicionamento foram corrigidos, peças foram trocadas e o time teve outra postura”, pontou o Superintendente.

A fim de colaborar com o trabalho, a Superintendência de Esportes convidou os senhores Ruitter Fontenelle e Maurício Quereguine a fazerem parte da equipe. Ambos atuam no esporte municipal e possuem experiência.

“A Superintendência de Esportes agradece o apoio recebido dos poderes Executivo e Legislativo e garantimos que o esporte em São Simão entrará em uma nova era”, disse Alberto.

Você pode gostar...