Paralisação dos caminhoneiros interrompe, temporariamente, as obras de asfaltamento do Setor Comercial Sul

A paralisação dos caminhoneiros, que começou há 9 dias, tem comprometido os serviços de diversas prefeituras pelo país e em São Simão, não é diferente. A cidade já começou a sentir o efeito da greve e além do desabastecimento do gás de cozinha e combustíveis, entre outros itens, aulas em toda a rede municipal foram suspensas e os serviços de pavimentação asfáltica no setor Comercial Sul, foram interrompidos, devido a falta de material.

De acordo com a prefeitura, tão logo o bloqueio nas rodovias cheguem ao fim, as máquinas da Construtora e Transportadora Favo de Mel, empresa responsável pela obra, retomem ao ritmo acelerado das obras.

Orçada em R$ 371.557,32 (Trezentos e setenta e um mil, quinhentos e cinquenta e sete reais e, trinta e dois centavos), a obra que está sendo realizada com recursos próprios da municipalidade, irá melhorar a vida dos moradores do bairro, que esperavam há mais de 15 anos pela melhoria.

Você pode gostar...