Lar do Idoso: Palestra aborda a importância dos vínculos familiares e comunitários para o idoso institucionalizado

Na tarde desta sexta-feira (15/03), a equipe de assistência social do Lar do Idoso, com apoio do CRAS, reuniu no salão de reuniões do Lar do Idoso, profissionais ligados à área de atendimento a idosos, para a palestra intitulada, “A importância dos vínculos familiares e comunitários para o idoso institucionalizado”.

O tema, produto de um projeto social da estagiária Paula Fernanda e da Assistente Social Lilian Linhares, foi ministrado por profissionais da área jurídica e de saúde, como o Psicólogo, David Jesen Souza, o Promotor Dr. Fabrício Lamas e o Juiz de Direito da Comarca, Dr. Daniel Maciel Martins Fernandes.

A palestra abordou os cuidados com a pessoa idosa, os encaminhamentos necessários para a garantia de seus direitos, o dever da família, bem como do Estado e da Sociedade, em amparar e assegurar a participação da pessoa idosa na comunidade e o amparo e proteção aos idosos.

Ao abrirem o evento, tanto Dr. Daniel quanto Dr. Fabrício, abordaram sobre as consequências e as penalidades previstas em lei, conforme o Estatuto do Idoso, aos familiares que abandonarem a pessoa idosa.

O Psicólogo David, por sua vez iniciou sua apresentação fazendo uma explanação sobre a importância da experiência e conhecimento de vida do idoso, para as gerações futuras.

David fez um comparativo entre essa experiência dos idosos com a fêmea mais velha de uma manada de elefantes que, por ser a mais experiente guia toda a família e repassa aos mais novos, todos os seus conhecimentos, como onde e como encontrar água e comida.

“Os elefantes são animais incríveis, inteligentes e com muitas características semelhantes às humanas. A fêmea mais velha de um grupo é a única matriarca dele e, como tal, é respeitada pelos outros membros da manada, pois é ela quem passará para as próximas gerações todos os seus conhecimentos, que são fundamentais para a sobrevivência e perpetuação da espécie. Com a raça humana é a mesma coisa, os mais velhos transmitem seus conhecimentos e experiências para os mais novos e assim, se sucede”, explicou David.

O Presidente do Lar do Idoso, João Horácio Batista, avaliou de forma positiva a promoção da palestra. “É importante que a família cumpra o seu papel de apoiadora do idoso, visitando-o constantemente, não somente quando precisam vir buscar parte do dinheiro de suas aposentadorias. Aqui, todos são bem cuidados, mas é necessário que a família faça parte de suas vidas, para que sintam-se acolhidos afetivamente”, destacou João Horácio ao ressaltar que a instituição deve receber, dentro de poucos dias, o início as obras de reforma do prédio, conforme já anunciado pela prefeitura.

Atualmente, o Lar do Idoso, conta em seu quadro com 25 funcionários encarregados dos cuidados de 41 idosos acolhidos.

Encerrando o evento, acolhidos e familiares assistiram a uma apresentação de dança com bailarinos do Grupo Elemento Urbano, seguida de um lanche.

Marcou presença o Presidente do Lar do Idoso, João Horácio Batista; o Juiz de Direito da Comarca, Dr. Daniel Maciel Martins Fernandes; o Promotor de Justiça, Dr. Fabrício Lamas; a vereadora Ana Maria Lemos; o Psicólogo David Jesen; a Coordenadora do Projeto MelhorIdade, Lúcia Cardoso; a Coordenadora Administrativa do Lar do Idoso, Flávia Pereira; as estagiárias em Assistência Social, Paula Fernanda e Zaide; a Assistente Social e enfermeira, Lilian Linhares, além de familiares dos velhinhos acolhidos pela instituição.

Você pode gostar...