“Juntos Somos Mais Fortes”:  Saúde inicia em todo o município força tarefa contra o Aedes

Dando continuidade às ações de combate à dengue, a partir desta semana, São Simão e Itaguaçu entram num verdadeiro “estado de guerra” contra o mosquito Aedes aegypti. Máquinas e caminhões da Secretaria Municipal de Infraestrutura vão se juntar aos cerca de trinta agentes de endemias e aos funcionários da Melo & Silva, no combate ao mosquito transmissor da dengue, do zika vírus e da febre chikungunya.

A primeira ação na luta contra a proliferação do Aedes está acontecendo na região central, com a realização de um verdadeiro mutirão de limpeza. O objetivo é visitar todas as residências e eliminar todos os pontos de procriação do mosquito.

De acordo com a Coordenadora de Vigilância em Saúde, Michelle Santos Cortês, os mutirões de limpeza serão estendidos aos demais bairros e ao distrito de Itaguaçu. O trabalho, conforme frisou a Coordenadora, apresenta resultados positivos, mas devido à falta de conscientização dos moradores, menos de um mês após a limpeza, terrenos baldios e quintais são tomados pelo lixo novamente. “O que está faltando é as pessoas se conscientizarem de que elas também são responsáveis por combater o mosquito da dengue e que precisam colaborar eliminando os pontos de procriação”, observou.

O Gerente de Endemias, Klauber Alves Pereira Macedo, explica que é um momento crítico e que serão tomadas medidas importantes para combater o mosquito. “Esperamos que as pessoas abram suas casas para a vistoria e assumam o papel de fazer a sua parte”, disse.

Klauber destaca também a ação integrada da força-tarefa. “Enquanto os funcionários da Melo & Silva limpam terrenos baldios e os servidores da Infraestrutura recolhem lixo, os agentes de endemias identificam nas residências e eliminam focos do mosquito Aedes. Mas nunca deixamos de instruir e tirar dúvidas dos moradores. Afinal, assim como os diferentes setores da prefeitura trabalham juntos no combate a dengue, os cidadãos também devem se unir a nós nessa luta pela prevenção da doença”, afirma.

Você pode gostar...