Curso apresenta a pimenta como alternativa de renda para moradores de Itaguaçu

Ervas, especiarias, vegetais, condimentos, decoração? É tudo isso. Depois do sal, é o condimento mais utilizado no mundo e encontrado em quase todos os lugares atualmente.

Existem diversas espécies de pimenta, cada qual com características próprias: cores, aromas e sabores, dos mais sutis aos mais intensos. Delas derivam produtos como geleias, molhos e temperos que encantam o paladar de muitos.

Com o objetivo de estimular moradores de Itaguaçu a produzir, cultivar e processar a especiaria no município, a prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social – SEMUDS e do programa `Social em Ação`, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e o Sindicato Rural de Paranaiguara e São Simão promoveram o primeiro curso de Processamento e Cultivo de Pimenta, na última semana (11 a 13), na Fazendinha, em Itaguaçu.

Durante o curso, doze participantes aprenderam técnicas de plantio, controle de pragas e doenças, colheita, processamento e comercialização da pimenta e seus derivados.

Eles também descobriram no plantio da pimenta mais uma alternativa de renda e ocupação.

De acordo com o Subprefeito de Itaguaçu, Willian Campos, dona Lilvânia, uma das que participaram do curso, com uma mão de obra equivalente a R$ 22,00 (02 kit com 5 pimentas em conserva), faturou com a venda dos produtos elaborados, mais de R$ 130,00.

“O curso foi uma oportunidade impar para os moradores de nosso pequeno distrito se profissionalizarem, eis que há mais de 5 anos Itaguaçu não recebia estes cursos”, afirmou Willian.

Já o instrutor Tiago ressaltou que para cultivar pimenta é preciso baixo investimento e cada dia mais a cultura se mostra como uma boa alternativa para os pequenos produtores.

Para Mobilizadora Karilcia de Oliveira Lopes, “o curso proporcionou um novo olhar para o cultivo de pimenta. Os participantes aprenderam outras maneiras de processar o fruto que chamaram a atenção como o preparo de geleias e de molhos”.

A secretária municipal de Desenvolvimento Social, Adriana Rocha Floriano, parabenizou os formandos e destacou que o “Social em Ação” não para.

“Fiquem atentos, pois em breve ofertaremos mais cursos para a população de Itaguaçu. Queremos que vocês tenham a mesma oportunidade que os moradores de São Simão”, encerrou.

Você pode gostar...