CAPS Florescer promove caminhada de encerramento do ‘Janeiro Branco’ e alerta sobre os cuidados com a saúde mental

Com o tema “Quem cuida da mente, cuida da vida”, o Centro de Atenção Psicossocial Florescer (CAPS), promoveu na manhã desta quarta-feira (31/01), uma caminhada alusiva à campanha nacional de saúde mental e emocional, “Janeiro Branco”.

Percorrendo a Avenida Brasil, no centro, o secretário da Saúde, José Fernandes Faria, a Coordenadora e Psicóloga, Ana Flávia Mororó e assistidos, chamavam a atenção da população para a importância do cuidado com as emoções e a saúde mental.

O janeiro branco, uma campanha concebida e realizada por psicólogos e estudantes em parceria com outros profissionais do universo da Saúde, chega esse ano a sua quinta edição. E chama atenção para os altos índices de casos de depressão. Casos que segundo a Organização Mundial de Saúde (OMG -dados de 2017), a sociedade brasileira já pode ser considerada recordista latino-americana, campeã mundial em relação à ansiedade e o 4º colocado quando se relaciona ao crescimento das taxas de suicídio entre os jovens da América Central e da América do Sul.

Em São Simão e Itaguaçu, diariamente, dezenas de pessoas são atendidas por uma equipe multiprofissional que envolve médicos, técnicos de enfermagem, agente de ação social, psicólogo e artesã.

Segundo José Fernandes, o Janeiro Branco serve para esclarecer a importância de observar a saúde mental.

O secretário destaca ainda que é importante ficar atento ao estilo de vida que se leva e identificar as situações que mais se intensificam, como falta de momentos de lazer ou trabalhar demais.

“Quando se trata de saúde mental é fundamental pensar em determinantes sociais que acontecem por meio das relações e que podem afetar a saúde mental do indivíduo, como por exemplo, relação entre homem e mulher, pais e filhos, com o trabalho, com a máquina e as tecnologias.”

O Janeiro Branco foi inspirado no Outubro Rosa e o mês de janeiro foi escolhido para ser símbolo da campanha pelo fato de que culturalmente existe um clima de início de ciclos e renovação de projetos de vida. Já o branco foi escolhido por ser a somatória de todas as cores e o ponto de partida de qualquer projeto.