Alerta: a depressão é uma doença

Doença que afeta cerca de 350 milhões de pessoas em todo o mundo, a depressão foi o tema do evento intitulado “Depressão: Vamos falar abertamente?” que foi realizado hoje cedo na Praça Cívica, com a participação do prefeito Ibinho, vereadores Ana Maria e Baiano Carvoeiro, além do secretário da Administração, Wilson Pimenta, o da Educação, Divino Nogueira. Da Saúde participaram o secretário José Fernandes, Jessica Fernanda, Enfermeira coordenadora das UBS, funcionários e demais colabores, além da presença dos psicólogos David Jensen e Telma Primo de Souza.

Uma apresentação teatral foi encenada para chamar a atenção de todos para o problema da depressão no lar.

O médico Dr Ednésio Júnior proferiu uma pequena palestra educativa abordando o tema depressão, destacando que é uma doença, diferentemente do que geralmente se pensa.

A psicóloga responsável pelo Centro de Atenção Psicossocial – CAPS, Ana Flávia, avaliou como positiva as consequências do evento.

“Nós quisemos chamar a atenção da população para um tema que muitas vezes não é abordado abertamente, pois ainda existe um pouco de preconceito principalmente dentro da própria família daquele que sofre de depressão”, alertou a psicóloga.

 

7% da população brasileira diagnosticada com depressão

A depressão foi escolhida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como tema central do Dia Mundial da Saúde devido à sua importância no contexto da saúde. Os dados da OMS apontam que cerca de 10% da população do planeta apresenta algum tipo de depressão. No Brasil, os dados são igualmente preocupantes. Levantamentos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam um índice de 7,6% da população brasileira diagnosticada com depressão, o que equivale a 11 milhões de pessoas. Ana Flávia destaca que os casos de depressão podem ser tratados nos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) ou mesmo nos centros de saúde municipais.

Você pode gostar...